estudar a bíblia

Por onde começar a estudar a bíblia

Estudar a bíblia pode ser para algumas pessoas uma tarefa um pouco complicada devido à linguagem e muitas vezes uma falta de rotina com a leitura.

Desse modo, conseguir uma rotina de estudos bíblicos nem sempre é fácil, já que a falta de foco, a procrastinação e outros aspectos podem atrapalhar a criação desse hábito tão enriquecedor para nossa espiritualidade.

Sendo assim, entender e saber como estudar a Bíblia ajuda a evitar que distrações atrapalhem os estudos e consequentemente o aprendizado.

Para te ajudar nesse processo, preparamos esse post com alguns passos que contribuirão para aperfeiçoar a forma como você estuda a Bíblia comum física ou a bíblia de estudo online.

6 formas de começar a estudar a bíblia:

1. Decida começar hoje mesmo a ler a Bíblia:

Começar é muitas vezes a parte mais difícil, muitos de nós conhecemos alguns versículos, passamos os olhos em algumas páginas, mas nunca chegamos a ler a bíblia de forma efetiva, buscando estudar e entender de fato.  

Além disso, conhecemos alguns artigos e livros sobre ela, mas poucos realmente se dedicam a conhecê-la de forma integral e aprofundada.

Portanto, não se trata de uma tarefa tão pesada assim, pois é perfeitamente possível ler o Antigo Testamento uma vez por um ano se você começar a ler poucas páginas por dia.

2. Faça uma predefinição de como fará o estudo:

Sem dúvidas, a melhor maneira de estudar a Bíblia é separando um tempo diário para isso. Dessa forma, você cria um compromisso diário.

Quando não há esse compromisso, é normal que os afazeres do dia a dia e outras preocupações tomem todo o seu cronograma, não sobrando espaço para estudar as Escrituras.

Portanto, para evitar isso, separe um local calmo, um horário fixo e estabeleça o tempo desejado.

Ademais, você poderá colocar isso como um compromisso diário, buscando sempre cumprir o que foi estabelecido, mesmo que em certos momentos não seja tão fácil realizar.

3. Realize um plano de estudo:

Para isso, comece estabelecendo alguns pontos como: Qual é o seu objetivo ao estudar a Bíblia? Quer aprender mais sobre determinado tema? Essas são algumas perguntas que ajudam a direcionar um plano de estudos bíblicos para que seja efetivo.

Além disso, defina qual é o seu objetivo antes de começar e lembre-se que algumas partes são mais complexas, mas não desista por isso. Para tornar mais prazeroso, busque equilibrar com leituras que são mais agradáveis de acordo com o que você acha mais legal.

4. Faça intercaladas entre livros longos e curtos:

Isso irá te ajudar a não desanimar, e é uma ótima ideia começar com um livro mais sucinto e que você se identifique mais.

Por exemplo, o livro de João, no Novo Testamento, é mais curto e acessível, garantindo uma leitura menos complicada.

Outro exemplo é o livro de Filipenses, que proporciona uma leitura mais simples, menos complicada e mais rápida.

Desse modo, à medida que for se sentindo mais confiante, pode buscar Mateus, Colossenses, Atos.

Portanto, esse revezamento fica assim: livro curto, livro longo, passagem curta, passagem longa, o que facilita sua leitura e te ajuda a não desistir.

5. Crie seu próprio caderno de anotações do seu estudo bíblico:

Esse é outro passo muito importante ao estudar é anotar as principais passagens e fazer observações sobre aquela passagem específica.

Além disso, uma boa sugestão é criar um caderno de anotações, pois ele é uma forma simples que pode ser utilizada para guardar as principais dúvidas, reflexões e descobertas durante o tempo de estudo e aprendizado.

Além disso, esse caderno também pode servir como fonte de consulta quando estudar temas parecidos e passagens que estão conectadas.

Portanto, o que foi registrado no passado pode facilitar o que está sendo estudado atualmente, e além das anotações, você pode separar uma Bíblia para sublinhar, colar post-its coloridos e facilitar o encontro de suas passagens preferidas.

6. Realize uma preparação espiritual antes da leitura:

Ler a Bíblia não é o mesmo que ler outros tipos de literaturas ou materiais e revistas.

Desse modo, é necessário ter o hábito de orar antes do estudo, peça que o Espírito Santo o ajude a entender o que está sendo lido e tirar lições importantes para a sua vida e para seu entendimento.

Portanto, a oração ajuda a nos conectarmos com Deus e, consequentemente, contribui para que você realize uma conexão com o Senhor.

Sendo assim, sempre busque a compreensão correta de cada passagem estudada; se tiver dificuldade, coloque-se nas mãos divinas, peça entendimento e busque estudos bíblicos já realizados por outras pessoas.

Esperamos que essas dicas te ajudem a iniciar o estudo bíblico e consequentemente uma aproximação maior com o Senhor e sua palavra.

Lembre-se que a leitura é sempre uma decisão que necessita em muitos momentos de perseverança e paciência e com a bíblia não será diferente.