7 Maneiras de uma Pregação Eficaz

Maneiras de uma Pregação Eficaz

Existe um princípio importante para uma pregação eficaz que aprendi. Aplicando este princípio, tenho pregado meus melhores sermões

O princípio é simples: deixei de ser focado na mensagem para focado nas pessoas. Claro, ainda trabalho duro no conteúdo, mas mudei meu foco de palco da mensagem para as pessoas que ouvem a mensagem. Isso é um divisor de águas que leva aos seus melhores sermões.

Se sua pregação não tem conexão, acho que você pode melhorar fazendo essa mesma mudança. E se essa ideia é intrigante e aterrorizante, aqui estão alguns segredos para pregar seus melhores sermões que aprendi ao longo do caminho:

6 Maneiras de uma Pregação Eficaz

1. Pregue uma jornada.

Uma grande mensagem leva o público em uma jornada, começando juntos em um ponto e viajando em grupo até o destino final. Descobri que estruturar minha mensagem como uma jornada me ajuda a lembrar do conteúdo e a manter o foco no público. 




Uma jornada é mais simples do que um esboço. Hoje, só memorizo ​​pontos de saída ao longo do caminho, em vez de vários parágrafos em um esboço. Isso literalmente libera energia mental para reorientar o público.

2. Pregue UM Ponto.

Não há nada bíblico em pregar um sermão de três pontos ou tópicos, como você queira chamar, mesmo que seu seminário tente convencê-lo do contrário. Se você tiver sorte, as pessoas vão se lembrar de apenas uma coisa que você disser, então por que lutar contra os instintos naturais do seu público? Além disso, um ótimo ponto é melhor do que três pontos abaixo da média aliterados lidos de um esboço. E um ponto é mais fácil de comunicar se fizer parte da jornada da mensagem.

3. Pregue para uma pessoa na igreja.

Este é o melhor conselho que já recebi sobre pregação eficaz. Antes de escrever uma mensagem, internalizar uma mensagem ou pregar uma mensagem, eu me pergunto: “Como eu diria isso na meinha sala para um amigo?” 

Eu sei, não é de abalar a terra, mas é tão útil! Faça a si mesmo essa pergunta na próxima vez que pregar e veja o que acontece com sua mensagem. Se você quiser se conectar com todos, pregue para apenas um.




4. Pratique seus sermões.

Normalmente ensaio uma mensagem de 3 a 5 vezes e só paro de praticar quando me sinto confortável o suficiente com o conteúdo para poder subir no púlpito com meu alvo definido na congregação, não na próxima frase do meu esboço. 

Quando estou preocupado com o que dizer em seguida, torna-se impossível focar nas pessoas que estão ouvindo. Achei que fazer anotações no púlpito ajudaria a aliviar minha preocupação, mas só mudou o problema. Agora eu ensaio até conseguir entregar o conteúdo sem esforço. 

Sempre que algo parece fácil, você pode garantir que essa pessoa gastou horas e horas de esforço para fazê-lo parecer dessa maneira.

Não memorize um esboço a menos que você seja capaz de comunicá-lo sem que soe como um esboço memorizado. Estamos tentando nos comunicar com as pessoas, não com o papel.




5. Seja você mesmo.

Eu não entendo o pregador que tem uma “voz de pregação” e uma “voz normal”. Se você não engrossa a voz com as pessoas em uma conversa normal, pare de engrossar a voz no púlpito. Apenas seja você lá em cima. Seja normal. Como? Pare de fingir ser outra pessoa. Esse é um bom começo porque você nunca se conectará totalmente se não for você. 

Deus não quer que você seja outra pessoa, aliás, Ele não criou duas pessoas iguais. Cada um é único. Deus que te usar da maneira que você é. Portanto, seja você mesmo.

6. Seja transparente e honesto.

Poucas coisas são mais conectadas do que a honestidade. Devemos nos sentir à vontade para compartilhar nossas lutas (até certo ponto, é claro). Somos pessoas reais, mas fingir quem não somos cria um obstáculo à conexão. As pessoas ressoam e se conectam com outras pessoas, então seja uma verdadeira “pessoa” no púlpito.

Eu não sou um especialista em pregação. Na verdade, quanto mais aprendo, mais percebo que ainda tenho muito a aprender! Mas de uma coisa eu tenho certeza: Se você não conseguir se conectar, não desenvolverá uma pregação eficaz.




7. Para seus melhores sermões, seja claro.

Você pode pregar seu sermão para uma criança e ela entender sobre o que é sua mensagem? A clareza é essencial para todo pregador. Lembre-se que o nosso maior referencial, Jesus, se comunicava de forma clara de maneira que todos entendiam suas mensagens.

Procure falar com seu público na linguagem deles. Ou seja, não tente complicar. Deixe as palavras difíceis para a escola bíblica dominical.

O importante é que o que você tem a transmitir para o seu público, eles entendam e sejam transformados pela pregação.




Sobre o Autor

Professor André
Professor André

Formado em Teologia, Tecnólogo em Gestão da Qualidade, Professor de cursos de Homilética, Exegese e Hermenêutica, André ministra na EBD e escreve para a Biblioteca do Pregador. "Fico feliz em compartilhar meus conhecimentos aqui no Conselho de Pastor".