Agradecimento e Gratidão – Esboço de pregação

Agradecimento e Gratidão - Esboço de pregação

Tema: Agradecimento e Gratidão

Texto Bíblico: Colossenses 1:3-6

Introdução desta pregação sobre gratidão:

Gratidão – um sentimento de agradecimento pelos favores recebidos. Vance Havner disse:

“Crescemos considerando as coisas como garantidas e guardando nossas flores para os mortos. Ao longo do caminho, inúmeras mãos ministram para o nosso bem, mas raramente as reconhecemos.”

O apóstolo Paulo era um homem grato. Todos nós temos muito a agradecer e agradecer.




Quando Paulo escreveu esta carta, foi para um povo que ele apreciava profundamente, embora nunca o tivesse conhecido, e nunca o conheceria deste lado do céu.

I. A EXPRESSÃO DE GRATIDÃO (3)

A. Para Deus:

“ao Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo”

“Bendito seja o Senhor, Que grandes coisas Ele fez.”




B. Aos Colossenses:

“orando sempre por você”

Gratidão sincera e profundo apreço por eles. Poderíamos achar muito desafiador compilar uma lista das pessoas pelas quais Paulo disse que estava orando e adicionar os crentes colossenses à lista. Eles estavam em sua lista de oração.

A questão é que nenhum de nós se lembra das atrações principais de ontem. Estes não são empreendedores de segunda categoria. Eles são os melhores em seus campos. Mas os aplausos morrem. Os prêmios mancham. As conquistas são esquecidas. Certificados são enterrados com seus donos.




II. A EXPLICAÇÃO DA GRATIDÃO (4-5)

Vance Havner também disse:

“toda a vida cristã é um grande ‘obrigado’, a expressão viva de nossa gratidão a Deus por Sua bondade. Mas, nós O consideramos garantido e o que consideramos garantido, nunca levamos a sério.”

A. Libertação:

Deus os Mudando “sua fé em Cristo Jesus” – fé significa estar persuadido de que algo é verdadeiro e confiar nisso. A verdadeira fé salvadora contém arrependimento e fé (obediência) como seus elementos.




B. Devoção:

Deus os Consumindo “seu amor por todos os santos” O amor de Cristo não nos atrai apenas para Ele, mas uns para os outros.

C. Direção:

Deus os Controlando “a esperança que está reservada para você no céu” Um resultado da nossa esperança é a disposição de sacrificar o presente no altar do futuro. O mundo sacrifica o futuro no altar do imediato.




III. O AMBIENTE DA GRATIDÃO (5B-6)

“a palavra da verdade do evangelho”

A. O Evangelho Universal (6a)

O evangelho não é restrito a uma única região ou grupo de pessoas; ele tem o poder de alcançar todos os cantos do mundo.

Como Jesus afirmou em Mateus 24:14, “E este evangelho do reino será pregado em todo o mundo, em testemunho a todas as nações, e então virá o fim”.




Isso reflete a visão universal do evangelho, que não conhece fronteiras geográficas ou culturais. A propagação do evangelho é motivo de gratidão, pois significa que mais pessoas têm a oportunidade de conhecer e experimentar a salvação em Cristo.

B. Frutos do Evangelho (6b)

O evangelho não é apenas proclamado, mas também produz frutos transformadores nas vidas das pessoas. Assim como uma semente plantada em solo fértil cresce e produz frutos, a palavra de Deus é viva e eficaz (Hebreus 4:12), penetrando até a divisão da alma e do espírito.

Esses frutos podem ser vistos tanto internamente, na transformação das vidas individuais, quanto externamente, no crescimento e fortalecimento da igreja como um todo. Este crescimento é motivo de gratidão, pois revela o poder e a eficácia do evangelho em mudar vidas e comunidades.

C. Solo Fértil da Graça (6c)

O evangelho floresce em solo fértil, onde se valoriza e recebe a graça de Deus. Quando a palavra de Deus é pregada em verdade e autenticidade, encontrando corações receptivos, a graça de Deus se manifesta poderosamente.

Este solo fértil da graça é a sinceridade, humildade e busca pela verdade. A graça de Deus na verdade é motivo de gratidão, pois é através dela que somos transformados e renovados em Cristo.

Conclusão desta pregação sobre gratidão

A gratidão é uma virtude que molda nossa fé, relacionamentos e perspectivas. Nosso chamado como cristãos é cultivar uma atitude de gratidão constante, reconhecendo as bênçãos de Deus em todas as áreas de nossas vidas.

Seguimos, portanto, o exemplo do apóstolo Paulo, expressando gratidão a Deus e aos outros, e deixando a palavra da verdade do evangelho produzir frutos abundantes em nosso meio.

Confira mais esboços de pregação.

Sobre o Autor

Professor André
Professor André

Formado em Teologia, Tecnólogo em Gestão da Qualidade, Professor de cursos de Homilética, Exegese e Hermenêutica, André ministra na EBD e escreve para a Biblioteca do Pregador. "Fico feliz em compartilhar meus conhecimentos aqui no Conselho de Pastor".