5 Lições que Você Nunca Viu Sobre o Primeiro Milagre de Jesus

5 Lições que você nunca viu sobre o primeiro milagre de Jesus

O Milagre de Jesus em Caná da Galileia foi algo que marcou o início de seu ministério.

Nas escrituras sagradas, a palavra “milagre” é sinônimo de sinais, maravilhas e manifestações divinas. O próprio Jesus, sendo Deus, se manifestou de maneira gloriosa entre os homens.

Por isso o relato do primeiro milagre de Jesus, assim como os outros, traz muitas lições para nós; e, como serviu para os discípulos do Senhor no início de seu ministério, serve também para reforçar a nossa fé e confiança em Jesus como Deus.

Hoje, exploraremos 5 lições sobre o primeiro milagre de Jesus.




1° O Milagre de Jesus em Caná nos Fala dos Benefícios da Presença do Mestre em Nossas Festas.

O primeiro milagre de Jesus, registrado no livro de João, não deve ser visto apenas como “o primeiro milagre de Jesus”, mas como “o benefício que traz a presença de Jesus em nossas festas.

Portanto, isto deve ser entendido como um relato que exorta-nos a lembrar do Senhor nos melhores momentos de nossas vidas.

Seja um casamento, um festa de aniversário, etc., que Jesus seja o nosso convidado especial. Onde Ele está há fartura de alegria.

No episódio das bodas em Caná da Galileia, Jesus manifestou sua glória ao transformar água em vinho, diante dos seus discípulos e dos convidados da festa de casamento (João 2:1-11). Imagine se Ele não estivesse presente?




Este estudo tem a finalidade de encorajar você, meu amado(a), a pesar um pouco também sobre como seria sua vida sem Jesus.

Seus sucessos e progressos, vitórias e conquistas, têm um segredo; é a presença dEle na sua vida.

A finalidade do primeiro milagre de Jesus, como podemos ler, foi “para que os seus discípulos crescem nele (Jo 2:11).

2. A Intervenção de Maria e a Confiança em Jesus

No relato do Milagre de Jesus em Caná, Maria, sua mão terrena, estava presente no casamento e percebeu a falta de vinho.




Todavia ela confiou na capacidade de Jesus de resolver a situação e o incentivou a agir (Jo 2:3). Não sabemos se ela contou sobre a falta do vinho esperando mesmo que Jesus operasse um milagre naquela hora, ou se ela contou somente por contar mesmo.

Porém, pelo fato de Jesus dizer: “minha hora não é chegada” (Jo 2:4), sugere que ela o incitava a fazer algo usando seu poder de Deus. Por isto mesmo ela afirma: “fazei tudo o que ele disser” (Jo 2:5).

Ela tinha fé, e confiava nEle; que possamos imitar essa fé e confiança genuína em Jesus.

3. O Milagre de Jesus é Uma Lição de Fé e Obediência

O segredo do milagre foi a fé e a obediência das pessoas envolvidas. A começar por Maria, mão de Jesus, como relatei anteriormente, todos ali tiveram fé e obedeceram suas ordens.




Destes personagens envolvidos, podemos destacar primeiro os noivos, que mesmo tendo talhas vazias, acreditaram na palavra de Jesus e seguiram suas instruções.

Em segundo lugar temos os que levaram o vinho ao mestre-sala, eles também confiaram sem questionar e testemunharam a surpresa do mestre-sala ao provar o vinho de qualidade bem superior (Jo 2:8-10 ).

4. Aquele Milagre de Jesus Conquistou o Reconhecimento e a Crença dos Discípulos

Após presenciar esse milagre de Jesus, seus discípulos fortaleceram sua fé e passaram a crer ainda mais nEle (Jo 2:11).

Por isso, esse episódio marcou um momento tão importante na relação entre Jesus e seus discípulos, porque ali se consolidou a confiança e a convicção na divindade e no poder de Jesus.




5. Obedecer os Ensinamentos do Senhor sem Questionar nos Traz Honrarias

A narrativa do primeiro milagre de Jesus em Caná da Galileia também nos ensina uma lição importante. Pois, assim como os noivos e os servos obedeceram às instruções de Jesus sem questionar, também devemos obedecer aos seus ensinamentos e confiar em suas promessas.

Ao reler o texto podemos ver claramente que o mestre sala se impressiona com a capacidade de fornecimento de vinho do noivo.

Talvez ele estivesse assustado por esperar pouco daquele rapaz, que poderia aparentar um poder aquisitivo baixo, e, portanto, não ter condições de manter um bom vinho durante toda festa.

Amado(a), se Jesus for nosso convidado especial, se a sua palavra habitar em nós e nós obedecermos seus comandos; o final sempre será de honra.




Se gostou do post continue lendo em nosso site:

Sobre o Autor

Mesequias Maadson
Mesequias Maadson

Sou acadêmico de Letras e Teologia, poeta, escritor publicado e autor de livro. Com vasta experiência na liderança da E.B.D. da minha igreja por 10 anos, também auxiliei por alguns anos o pastor vice-presidente do ministério. Apaixonado por estudar a Bíblia, compartilho meus conhecimentos por meio de redações e comentários sobre os textos da nossa lição. Além disso, sou compositor de canções românticas e espirituais, disponibilizando músicas para cantores.