O que Mateus 5:13 quer dizer com “Sal da Terra”?

O que Mateus 5-13 quer dizer com Sal da Terra

O sal tem múltiplos usos e desempenha um papel crucial em diversas situações. Para aqueles que apreciam a culinária, como eu, a quantidade adequada de sal pode determinar a diferença entre uma refeição saborosa e uma sem graça. Por outro lado, se adicionarmos sal em excesso, arriscamos arruinar o sabor da comida.

No Sermão do Monte, Jesus utiliza uma metáfora interessante ao se dirigir aos seus discípulos. Ele os compara literalmente ao sal.

“Vocês são o sal da terra. Mas se o sal perder a sua essência, como poderá salgar novamente? Não servirá para mais nada, a não ser para ser jogado fora e pisado.” – Mateus 5:13

Compreender o significado de Mateus 5:13 como “sal da terra” é de extrema importância.




O que significa “Você é o sal da terra” na Bíblia?

Em primeiro lugar, desejo explorar os usos do sal na antiguidade e aplicá-los a algumas verdades relevantes nos dias de hoje. Para isso, substituirei simplesmente a palavra “sal” por “você”.

Você está temperando

Uma das funções do sal que mencionamos anteriormente é realçar o sabor de outros temperos.

Isso também deve ser verdade para você. Você deve aprimorar e enriquecer a vida das pessoas com as quais se relaciona.

Faça a si mesmo esta pergunta: como as pessoas se sentem depois de interagir comigo? Melhor ainda, de que forma você enriqueceu suas vidas quando elas estiveram em sua presença?




Compreendo que isso nem sempre ocorre, mas é algo que deveria acontecer. Paulo expressou isso em Colossenses:

“Que suas palavras sejam sempre agradáveis, temperadas com graça, para que saibam como responder a cada pessoa.” – Colossenses 4:6

O que Paulo realmente estava dizendo é que devemos observar as palavras que saem de nossa boca. Certifiquemo-nos de que sejam bondosas e enriquecedoras, bem temperadas com a graça e o amor de Deus.

Você é um preservador

Assim como um dos usos do sal é preservar, nós também precisamos desempenhar esse papel. Devemos preservar a integridade, manter os padrões que Deus estabeleceu na Terra. É nossa responsabilidade preservar valores e moral que possam ser testemunhados pelas pessoas.




No entanto, é importante notar que nem todos apreciarão esse papel de preservador, pois às vezes isso evidenciará a falta de moral ou padrões em outras pessoas. No entanto, é exatamente isso que Jesus nos chamou a fazer e ser.

Você é um agente cicatrizante

É interessante observar que um dos usos do sal era como um cicatrizante e um antibiótico natural. Dessa forma, o sal se tornou um agente de cura.

É curioso como o sal em uma ferida sempre foi considerado algo doloroso e negativo. No entanto, quando aplicado corretamente, o sal pode se tornar algo maravilhoso.

Devemos ser agentes de cura. Devemos ser o tipo de pessoa que busca fechar feridas e impedir que se espalhem.




Existem pessoas que foram feridas, que cometeram erros, que fizeram coisas das quais se arrependem. Se permitirmos que elas permaneçam nesses lugares, as bactérias do seu passado começarão a corroê-las, mantendo-as aprisionadas e roubando seu futuro. No entanto, devemos ser o tipo de pessoa que pode evitar que isso se propague.

Você é uma oferta cerimonial

Nesse contexto, o sal se adicionava à oferta para torná-la aceitável a Deus.

Mas como isso se aplica a você? Permita-me perguntar: o que você está apresentando a Deus? A Bíblia nos lembra em Romanos 12:

“Portanto, irmãos, rogo-vos pelas misericórdias de Deus que se ofereçam em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus; este é o culto racional de vocês.” – Romanos 12:1




Embora não ofereçamos mais touros e cordeiros, oferecemos a nós mesmos. Você é o sacrifício que é derramado sobre o altar. Além disso, o sal representa uma parte da aliança e da promessa.

Durante minha pesquisa, deparei-me com um fato interessante sobre o sal: ele nunca desaparece. Mesmo quando dissolvido em água e posteriormente evaporado, os íons de sal podem se reunir novamente e formar cristais.

Isso fala da natureza eterna das alianças de Deus conosco. Quando você se apresenta como uma oferta, e Deus faz uma promessa, assim como o sal, essa promessa se torna eterna.

Você é de grande valor

Embora você não seja uma unidade monetária, a qualidade do sal que você representa é altamente valiosa.




Aos olhos de Deus, você é extremamente precioso. Seu valor para Ele não é determinado pelo que você tem ou pelo que faz. Seu valor reside no fato de você ser o Seu tesouro mais valioso.

Aos olhos de Deus, você é o recurso mais significativo que Ele colocou na Terra. Você é a única parte da criação formada pelas Suas mãos. Você é a única parte da criação na qual Ele soprou o fôlego da vida. E você é a única parte da criação pela qual Ele enviou Seu Filho para morrer.

Tudo isso acontece porque Deus vê você como inestimável. Sua vida é importante, e Deus reconhece o valor que você possui. É por isso que Jesus afirma em Mateus 5:13 que você é o sal da terra.

Usos antigos do sal

Para compreender o significado de Mateus 5:13 sobre ser o sal da terra, é importante conhecer os usos antigos do sal. Aqui estão cinco deles:

1. Tempero

Como mencionado anteriormente, o sal era valorizado como um realçador de sabor. Ao adicionar sal a um prato, ele aprimorava o sabor de todos os outros ingredientes, trazendo-os à vida.

2. Conservação

No passado, quando não havia opções de refrigeração, o sal era usado para conservar carne e evitar que ela se deteriorasse. Esse método de conservação da carne durou até o século XIX. O sal impediria o crescimento e a formação de microrganismos na carne.

3. Antibiótico e/ou cicatrizante natural

Durante os tempos bíblicos, o sal se usava para tratar feridas e desinfetá-las. Acredita-se que a presença do sal matava as bactérias, ajudando a secar as feridas. Dessa forma, o sal se tornava um agente de cura.

4. Ofertas cerimoniais

Na Bíblia, há referências em que o sal é adicionado às ofertas apresentadas a Deus.

“Apresente-os perante o Senhor, e os sacerdotes deverão aspergir sal sobre eles e oferecê-los como holocausto ao Senhor.” – Ezequiel 43:24

“Tempere todas as suas ofertas de cereal com sal. Não deixe faltar o sal da aliança do seu Deus em suas ofertas de cereal; acrescente sal a todas as suas ofertas.” – Levítico 2:13

5. Unidade de troca

Pode parecer surpreendente, mas o sal tinha um grande valor nos tempos bíblicos. Devido ao seu valor elevado, especialmente como conservante de carne, os soldados romanos às vezes eram pagos com sal. O dinheiro recebido era chamado de “salarium”, de onde originou-se a palavra “salário”.

Como podemos ver, o sal era um recurso valioso naquela época, e compreender isso nos ajuda a entender o que Jesus quis dizer em Mateus 5:13, quando nos chamou de sal da terra.

Qual é a lição bíblica de “você é o sal da terra”

A lição bíblica de “você é o sal da terra” é que nosso verdadeiro valor e propósito se revelam quando saímos do nosso lugar de conforto e nos tornamos ativos e influentes no mundo ao nosso redor.

Assim como o sal precisa se espalhar para cumprir sua função de temperar, conservar, cicatrizar e oferecer valor, nós também precisamos sair e impactar o mundo com o amor e os ensinamentos de Cristo.

Permanecer no “saleiro” de nossas rotinas e ambientes familiares não nos permitirá fazer a diferença que fomos destinados a fazer. Precisamos permitir que Deus nos use como agentes de transformação, espalhando Seu amor, verdade e justiça em todos os lugares em que Ele nos enviar.

Portanto, devemos orar para que Deus nos capacite a sermos sal, a sermos ativos e a fazer a diferença onde quer que estejamos colocados. Que nosso impacto seja sentido em nossas interações diárias, em nossas comunidades e nas esferas em que Deus nos chama.

Que cada um de nós seja sal hoje, espalhando e impactando os lugares para os quais Jesus nos chamou, pois é isso que o sal faz.

Se gostou, então veja também:

Sobre o Autor

André Lourenço
André Lourenço

Formado em Teologia, Tecnólogo em Gestão da Qualidade, Professor de cursos de Homilética, Exegese e Hermenêutica, André ministra na EBD e escreve para a Biblioteca do Pregador. "Fico feliz em compartilhar meus conhecimentos aqui no Conselho de Pastor".

Solicitar exportação de dados

Use este formulário para solicitar uma cópia de seus dados neste site.

Solicitar a remoção de dados

Use este formulário para solicitar a remoção de seus dados neste site.

Solicitar retificação de dados

Use este formulário para solicitar a retificação de seus dados neste site. Aqui você pode corrigir ou atualizar seus dados, por exemplo.

Solicitar cancelamento de inscrição

Use este formulário para solicitar a cancelamento da inscrição do seu e-mail em nossas listas de e-mail.