Sermão Expositivo, o que é e como fazer um esboço expositivo

O sermão expositivo é o mais eficaz na transmissão da Palavra de Deus. O sermão expositivo
abrange uma porção mais extensa da Bíblia extraindo dela as verdades centrais.

O sermão expositivo é muito parecido com o sermão textual, a diferença é que este abrange no máximo três versículos, enquanto aquele abrange um texto maior, ou seja, uma porção mais extensa das Escrituras.

O sermão temático se baseia num tema; o textual se baseia num pequeno texto; o sermão expositivo se baseia num assunto.

DEFINIÇÃO DE SERMÃO EXPOSITIVO

Segundo Braga, sermão expositivo é aquele em que uma porção mais ou menos extensa da Escritura é interpretada em relação a um tema ou assunto.

A maior parte do material deste tipo de sermão provém diretamente da passagem, e o esboço consiste em uma série de idéias progressivas que giram em torno de uma idéia principal.

De acordo com esta definição, o sermão expositivo se baseia numa porção mais ou menos extensa da Bíblia, pode ser um capítulo ou mais da Bíblia, o mínimo é de quatro versículos.

Segundo Robson, pregação expositiva é a comunicação de um conceito bíblico, derivado de, e transmitido através de um estudo histórico, gramatical e literário, de uma passagem no seu contexto, que o Espírito Santo primeiramente aplica à personalidade e experiência do pregador, e depois, através dele, aos seus ouvintes.

EXEMPLOS DE SERMÕES EXPOSITIVOS

Título: A boa luta da fé

Assunto: Aspectos relacionados com a guerra espiritual do crente.

A moral do crente, vv. 10-14a

A) Deve ser elevada (v. 10)

B) Deve ser firme (vv. 11-14a)

A armadura do crente (vv.14b-17)

A) Deve ter caráter defensivo (14-17a)

B) Deve também ter caráter ofensivo (v. 17b)

A vida de oração do crente, v.18

A) Deve ser persistente (v.18a)

B) Deve ser intercessora (v.18b)

RAZÕES PARA USAR A PREGAÇÃO EXPOSITIVA

Por ser um método eficaz na transmissão da Palavra de Deus, há várias razões para usarmos
este método. Vejamos algumas:

  • Com este método atingiremos o significado real de “exposição” – que quer dizer: “explicar, explanar e ensinar”.
  • Uniremos a verdade bíblica à necessidade humana (2Tm 3.16).
  • Alcançaremos o alvo principal – que é a transformação dos ouvintes, tornando-os maduros (Cl 1.28), aptos para ensinar a outros (Hb 5.11-14), e praticantes da Palavra (Tg 1.22)30.

Como pregadores do evangelho, devemos diligentemente nos esforçarmos para usar este
método com o objetivo de expormos com mais clareza, profundidade e eficácia a Palavra de Deus.

VANTAGENS DO SERMÃO EXPOSITIVO

O valor da pregação expositiva reside no fato de que Deus fala o máximo e o (a) pregador (a) o
mínimo.

No sermão temático o pregador fica livre para falar e expor suas idéias, no sermão expositivo, pelo contrário, o pregador está preso ao texto bíblico.

Fala somente aquilo que realmente está registrado no texto. Vejamos agora algumas vantagens deste método:

ENSINAR PROFUNDIDADES BÍBLICAS

Este método possibilita um ensino mais profundo da Bíblia ao povo, levando-o a um maior conhecimento da Bíblia, para enfrentar as dificuldades do cotidiano.

AUTORIDADE NA PREGAÇÃO

Dar maior autoridade à pregação, pois o pregador expõe aquilo que realmente é ensinado na Palavra de Deus.

O SERMÃO EXPOSITIVO EQUILIBRA O ENSINO DA BÍBLIA

Equilibra o ensino da Bíblia, pois, sendo consecutiva e seqüencial, manterá o pregador e seus ouvintes livre da rotina, impedindo também a despropocionalidade de certas verdades, em detrimento de outras.

O SERMÃO EXPOSITIVO HONRA A BÍBLIA

Honra a Bíblia, porque, trata a Bíblia tal como foi escrita, o sermão expositivo se caracteriza pelo respeito ao texto bíblico e ao seu sentido original.

Além disso, coloca a Bíblia acima de qualquer outra fonte.

O SERMÃO EXPOSITIVO ALIMENTA A IGREJA

Alimenta a igreja, porque, no sermão expositivo, o ouvinte é levado a ter um contato mais profundo com a Bíblia, o que resulta em alimento espiritual mais sólido.

Isso também aumenta a familiaridade do ouvinte com o texto sagrado e desenvolve nele o desejo de conhecer mais a Bíblia.

ALIMENTA E DESENVOLVE O PREGADOR

Ao preparar-se para alimentar os outros, o pregador alimenta sua própria alma, tornando-se ele mesmo mais convicto da mensagem que deseja apresentar.

Portanto, contribui para o desenvolvimento do pregador.

Veja mais sobre esse tipo de pregação e esboços aqui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.