Jesus lavando os pés dos discípulos – Esboço de Pregação

Sermão sobre Jesus lavando os pés dos discípulos

Esboço de pregação sobre Jesus lavando os pés dos discípulos. Neste sermão você pode explorar as lições do exemplo da humildade de Jesus.

Jesus lavando os pés dos discípulos

Texto deste sermão João 13

Jesus, sabendo que o Pai tinha depositado nas suas mãos todas as coisas, e que havia saído de Deus e ia para Deus, Levantou-se da ceia, tirou as vestes, e, tomando uma toalha, cingiu-se.
Depois deitou água numa bacia, e começou a lavar os pés aos discípulos, e a enxugar-lhos com a toalha com que estava cingido. – João 13:3-5

Introdução sobre Jesus lavando os pés dos discípulos

A última noite do ministério terreno de Jesus foi muito movimentada. Ele fez Sua grande oração sacerdotal, ensinou a Seus discípulos muitas verdades valiosas, celebrou a ceia da Páscoa com Seus discípulos e foi entregue nas mãos de Seus inimigos. Por tudo isso, Jesus sabe que pela manhã, Ele irá ao Calvário e morrerá na cruz pelo pecado da humanidade.




A sua é uma taça amarga! No entanto, antes de começar os eventos da noite antes de eles virem à mesa para comer sua última refeição juntos, Jesus leva algum tempo para ensinar a esses homens uma lição de servidão que ainda nos fala hoje. Nesses versículos, Jesus revela Seu coração e Sua missão. Ele prova a esses homens que Ele não veio para ser servido, mas para servir (Marcos 10:45). Ao mostrar-se servo dos homens, Jesus nos deixou um retrato vívido do tipo de coração que devemos ter pelos outros.

Em João 13:1-20, entre outras coisas, descobriremos que a vontade de Deus para nossas vidas é que aprendamos a nos entregar ao serviço dos outros. Ao examinarmos esses versículos hoje, desafio você a deixar o Senhor falar ao seu coração. Pode ser que você seja capaz de se ver como realmente é hoje e, se o fizer, poderá vir ao Senhor e deixá-lo consertar o que estiver errado em sua vida. Vamos tomar os próximos minutos e considerar.

1. O Servo Humilde 

A. O Amor do Servo Humilde

Em João 13:1-2 aprendemos que Jesus sabe que está chegando ao fim de Seu ministério terreno. Ele sabe que está prestes a ir para a cruz e sofrer pelo pecado. Ele sabe que o fim está próximo. No entanto, apesar de tudo, Seu coração ainda está cheio de amor por Seus Discípulos. 




A Bíblia diz que Ele os amou “até o fim”. Ou seja, Jesus os amou perfeita, incondicional e eternamente. Seu amor nunca vacilou, mesmo na hora de Sua própria crise.

Lição do amor – Jesus lava os pés dos discípulos:

Que grande incentivo isso é para você e para mim! Veja, Jesus nos ama com o mesmo tipo de amor com que Ele amou Seus discípulos. Jeremias nos diz que é um amor eterno (Jr 31:3). 

Paulo nos diz que nada jamais poderá nos separar do amor de Deus que está em Cristo Jesus – (Romanos 8:38-39). Independentemente do que aconteça em sua vida e na minha, somos amados perfeita, incondicional e eternamente com o amor ágape incrível de Deus Todo-Poderoso!




B. A Vida do Servo Humilde

João 13:3 fala da vida de Jesus. Quando Ele veio a este mundo, Ele veio como um enviado de Deus para viver uma vida sem pecado e se tornar pecado pelos homens caídos (2 Coríntios 5:21). 

Ele realizou tudo menos a cruz e sabe que depois da cruz, Ele retornará ao Seu Pai e mais uma vez compartilhará da glória do Céu.

Lição sobre Jesus lavando os pés dos discípulos:




Jesus tinha um propósito quando veio a este mundo e esse propósito era morrer pelos nossos pecados – (Marcos 10:45; Lucas 19:10; João 18:37). 

Ele cumpriu Seu propósito em favor de todo homem! Ele fez isso por causa de Seu grande amor por você. Na verdade, a cruz é a prova absoluta e indiscutível do Seu amor – (Romanos 5:6-8).

Você pode descontar tudo o que Deus já fez por você e desconsiderar isso como sorte ou qualquer outra coisa, mas você nunca será capaz de ignore a morte de Jesus na cruz por seus pecados! A cruz permanece como um monumento ao incrível amor de Deus por você e por mim.

C. O Trabalho do Servo Humilde




Em João 13:2; 13:4-5 vemos o Mestre fazendo o trabalho de um escravo. Naquela época, era costume um escravo lavar os pés dos visitantes. Não fornecer essa gentileza seria considerado incivilizado e inóspito. 

Aparentemente, não havia servos disponíveis para fazer esse trabalho para Jesus e seus discípulos, então o próprio Jesus se levanta da mesa, tira sua roupa exterior, derrama uma bacia de água e começa a lavar os pés dos discípulos.

Posso imaginar o espanto que deve ter enchido suas mentes e rostos enquanto seu Senhor lavava seus pés sujos um por um. No entanto, por mais incrível que seja essa cena, Jesus estava fazendo algo aqui que era desconhecido para todos, exceto para um dos discípulos. Ele estava lavando os pés do homem que, mais tarde naquela mesma noite, O trairia para Seus inimigos.

Lição sobre Jesus lavando os pés dos discípulos:




Jesus conhecia o coração de Judas! Ele sabia que este homem nunca havia sido salvo – (João 6:64; 6:70). Só porque Satanás “colocou” no coração de Judas o pensamento de trair o Senhor não indica que Judas foi de alguma forma salvo e depois perdeu a salvação. Para Jesus, o próprio já havia indicado que Judas não era um de seus verdadeiros seguidores!

Em vez de focar em alguma questão doutrinária menor, devemos ver uma grande verdade contida aqui. A verdade é que mesmo que Jesus conhecesse o coração de Judas, mesmo que conhecesse seus motivos, mesmo que conhecesse seus planos, ainda assim, Ele o amava e lhe ofereceu várias oportunidades para se arrepender antes que fosse tarde demais. Mesmo neste ponto, não era tarde demais para Judas ter sido salvo.

Observe João 13:18; 13:20-27. Nesses versículos, Jesus repetidamente mostra a Judas que Ele sabe o que está fazendo. Jesus está dando a Judas a oportunidade de entregar sua vida a Cristo. Jesus até serviu a Judas como escravo de seu amo. Seu amor nunca falhou! Que lição para cada pessoa nesta sala hoje, mas especialmente para aqueles que estão fora de Jesus Cristo.

Por favor, entenda que Seu amor por você nunca terminará! Você pode rejeitar todas as tentativas de Jesus de chamá-lo para Si mesmo, mas tenha certeza de que não importa quantas vezes você rejeite Seus esforços, você nunca será capaz de desligar Seu amor por você e por sua alma. Na verdade, Ele já se humilhou por você, quando foi à cruz e morreu por você!

2. A palavra do Servo Humilde 

A. O choque de Simão Pedro

Em João 13:6-7, quando Jesus se aproxima de Simão Pedro, Pedro fica incrédulo! Ele simplesmente não pode acreditar que o Senhor gostaria de servi-Lo.

Lição sobre Jesus lavando os pés dos discípulos:

Fico maravilhado quando considero tudo o que o Senhor fez, está fazendo e fará em minha vida. Ele me amaria, então está além da minha compreensão. Afinal, não há mérito em nenhum de nós para nos recomendar a Deus. Se tivéssemos o que merecemos, estaríamos todos no inferno hoje, mas graças a Deus Ele não nos dá o que merecemos, Ele dá o que não merecemos! 

A salvação e todos os benefícios dela são produtos da graça de Deus. Nós gostamos do que fazemos, não porque merecemos, mas porque Deus dá mesmo que não o façamos (Efésios 2:8-9). Observe que ninguém é muito ruim para a graça (Romanos 5:20).

B. A teimosia de Simão Pedro

Em João 13:8, quando Pedro ouve que Jesus está realmente planejando fazer isso, ele responde com um triplo negativo. Ele diz ao Senhor, com efeito: “Não”, protestou Pedro, “você nunca lavará meus pés!” “Jesus respondeu: “A menos que eu te lave, você não pertencerá a mim”. (NLT)

Isso é o equivalente à irreverência. Afinal, a primeira condição do discipulado é a obediência. Pedro está simplesmente se recusando a se submeter ao Senhor e o faz por meio de uma demonstração de falsa humildade.

No entanto, Jesus o lembra de uma grande verdade. A menos que um homem esteja disposto a se submeter aos mandamentos do Senhor, ele não pode ter comunhão com o Senhor – (Jo 14:15; 14:21). Obediência é prova de amor.

Lição sobre Jesus lavando os pés dos discípulos:

Podemos ficar envergonhados quando o Senhor nos abençoa porque sabemos que não merecemos Sua bondade e graça. No entanto, ao mesmo tempo, devemos aceitar com gratidão Seus dons e louvá-Lo por eles. A verdadeira comunhão com Jesus é encontrada apenas na humilde submissão ao Seu plano. Mesmo quando esse plano parece conter o oposto da humildade.

C. A submissão de Simão Pedro

Em João 13:9, quando Pedro ouve essa repreensão gentil, ele se lança diante do Senhor e diz algo como: “Se lavar os pés me aproxima de você, então não pare por aí, mas lave-me todo!”

Lição sobre Jesus lavando os pés dos discípulos:

Essa é a atitude de entrega que Deus pode abençoar! Ele nos quer em um lugar onde estamos olhando para Ele e Sua vontade antes de considerar nossos desejos e vontades. Pense nisso por um momento. O que é que te motiva? Pedro foi motivado pelo pensamento de estar mais perto do Senhor. Isso te move? Se você estiver certo com Deus, isso acontecerá! Se não, isso é uma indicação de que há espaço para melhorias em sua caminhada com o Senhor.

Jesus está dizendo a Pedro que quando um homem lavou toda a sua pessoa (grego: “louw” ) e ele suja os pés ao andar pelas ruas, tudo o que ele precisa nesse momento é lavar (grego: “niptw” ) apenas os pés. A imagem aqui é cristalina para o crente. Quando recebemos Jesus como nosso Salvador pessoal, Ele nos lavou para sempre de nossos pecados – (1 Pedro 1:18-19; Apocalipse 1:5). 

Já fomos eternamente limpos da cabeça aos pés por meio de Seu sangue purificador. No entanto, à medida que caminhamos pela vida, tendemos a cair em pecado e precisamos de purificação. 

Não para a pessoa inteira, uma vez que isso foi realizado quando fomos salvos e nunca pode ser repetido. Mas, apenas para essa mancha em particular, nos reunimos quando pecamos em nossa caminhada diária. É aqui que 1 João 1:7; 2:2 entra em jogo.

Jesus está nos ensinando que não precisamos ser salvos toda vez que pecarmos, mas precisamos ir a Ele para perdão e restauração da comunhão. Veja, se você se permitir continuar pecando, continuará aumentando a brecha entre você e o Senhor. O segredo para a verdadeira alegria espiritual é a prática da confissão instantânea de pecados e falhas diante do trono da graça. Veja, Jesus ainda está lavando os pés esta tarde! Considere o coração do rei Davi.

Confessei-te o meu pecado, e a minha iniquidade não escondi. Eu disse, confessarei minhas transgressões ao Senhor; e tu perdoaste a iniquidade do meu pecado. Selá. 

SALMO 32:5

Por favor, note que enquanto Jesus disse que os discípulos estavam limpos, Ele também conhecia a condição de Judas! É impossível esconder sua condição dos olhos que tudo vêem do Senhor Jesus Cristo. Ele sabe o que somos e sabe quando somos apenas religiosos. Sabe quando somos hipócritas e sabe quando não somos sinceros sobre a fé. Ele sabe se você é salvo ou não. Você pode enganar o resto de nós, mas você nunca vai puxar a lã sobre os olhos de Jesus!

3. A sabedoria do Servo Humilde

A. Jesus deu um exemplo

Em João 13:12-15 Jesus estabeleceu o padrão pelo qual cada um de Seus servos deve viver suas vidas. Nesta ação de Jesus, podemos vê-lo mostrando a seus seguidores que todos devemos servir uns aos outros.

Lição Jesus lava os pés dos discípulos:

Seus discípulos foram culpados de discutir sobre quem seria o primeiro no Reino dos Céus (Lc 22:24). Todos estavam preocupados com quem seria o maior no céu, mas Jesus os lembrou que a verdadeira grandeza é um grande paradoxo.

Os homens nunca ganham o respeito dos outros pela obediência forçada, mas eles ganham o respeito dos outros sendo primeiro um servo (Marcos 10:42-44). Jesus diz que o caminho para a grandeza passa pela humildade. Este é um dos grandes paradoxos da fé! Existem vários outros. O caminho para a vida é através da morte. A maneira de obter é dar. O caminho para a grandeza é tornar-se um servo dos outros.

Vamos ser sinceros, não há muitos ministros servos genuínos nestes dias. Todos, ao que parece, estão procurando obter tudo o que podem. No entanto, esta atitude é diametralmente oposta à de nosso Senhor. Ele estava disposto a se fazer servo de todos e, como resultado, Deus o exaltou e lhe deu um nome que está acima de todo nome (Filipenses 2: 5-11)

B. Jesus deu uma exortação

A lição em João 13:16 é simples. Se Jesus estava disposto a ser um servo, então todos os Seus seguidores deveriam estar dispostos a servir também.

Lição:

Observe que Jesus simplesmente não serviu àqueles que Ele preferia. Poderia ter sido fácil lavar os pés de John. Afinal, João era o “Discípulo Amado”. No entanto, John e seu irmão James estavam sempre tentando ficar um pouco à frente dos outros. E Simão Pedro? Ele era aquele que O negaria três vezes antes do amanhecer. E o Tomé? Ele era aquele que duvidaria da palavra dos outros e se recusaria a acreditar na ressurreição de Jesus. E quanto a Judas? Ele era aquele que por 30 moedas de prata venderia Seu Senhor aos inimigos.

Jesus não permitiu que nenhuma das considerações obscurecesse Seu amor ou Seu serviço! Ele tratou todos igualmente e, ao fazê-lo, nos ensinou uma dura lição. Todos nós temos pessoas que parecem conectar e não temos problemas em servir essas pessoas. No entanto, o verdadeiro servo logo aprende que deve servir a todos e servi-los igualmente. 

O verdadeiro servo não tem permissão para escolher favoritos, mas deve ter o coração de Cristo e estar disposto a servir seus inimigos tão prontamente quanto serve a seus amigos (Mateus 5:43-48). 

Podemos dizer honestamente hoje que servimos a todos os homens igualmente? Não guardarmos rancor. Não nos lembrarmos de desrespeitos. E não nos consideramos acima dos outros

C. Jesus deu uma expectativa

Em João 13:17 Jesus diz que se soubermos dessas coisas, seremos “felizes” se as fizermos! Feliz significa “Abençoado”. Quando tomamos o exemplo de Jesus e o colocamos em prática, podemos ter certeza da bênção do Senhor em nossas vidas. De fato, chegará um momento em que não haverá maior alegria do que poder servir a outro em nome do Senhor!

Lição:

Da mesma forma, não servir quando sabemos que devemos servir ao propósito oposto. Pois se você sabe fazer o bem, então você está pecando quando não o faz (Tg 4:17). Por que parecemos achar tão difícil servir a outro ser humano? Por que parece nos forçar tanto? Jesus nunca teve problemas em servir. Foi tão natural para Ele quanto a respiração é para você e para mim.

Deus nos ajuda a desenvolver um coração de servo. Ou seja, precisamos chegar ao ponto em que estamos mais preocupados com o bem-estar de nossos vizinhos do que com o nosso próprio (Filipenses 2:4). Precisamos chegar ao ponto em que estamos mais preocupados em promover nosso irmão do que nós mesmos. Não sei vocês, mas tenho muito trabalho a fazer nessa área!

Conclusão deste sermão: Jesus lava os pés dos discípulos

Jesus nos deixou um exemplo maravilhoso a seguir. Sua vida foi vivida a serviço dos outros. 

Você pode dizer honestamente que está seguindo o exemplo do Senhor da melhor maneira possível? Ou, talvez, como os Discípulos, você teria que confessar que muitas vezes é culpado de se promover em detrimento dos outros.

Seja qual for a necessidade desta manhã, queridos irmãos e irmãs, há esperança e ajuda no Senhor Jesus Cristo. Pode ser que alguns aqui sejam como Judas. Você está na igreja esta manhã cercado por todas as armadilhas do cristianismo, mas como Judas, você nunca foi verdadeiramente salvo pela fé no Senhor Jesus. 

Você tem um nome que você é um Dele, mas você sabe no fundo do seu coração que você realmente não O conhece. Há esperança para você também! Como Judas, Jesus te ama e te salvará se você vier a Ele agora mesmo. Você responderá conforme o Senhor o guiar nesta manhã?

Veja mais esboços de pregação aqui.

Sobre o Autor

André Lourenço
André Lourenço

Formado em Teologia, Tecnólogo em Gestão da Qualidade, Professor de cursos de Homilética, Exegese e Hermenêutica, André ministra na EBD e escreve para a Biblioteca do Pregador. "Fico feliz em compartilhar meus conhecimentos aqui no Conselho de Pastor".

Solicitar exportação de dados

Use este formulário para solicitar uma cópia de seus dados neste site.

Solicitar a remoção de dados

Use este formulário para solicitar a remoção de seus dados neste site.

Solicitar retificação de dados

Use este formulário para solicitar a retificação de seus dados neste site. Aqui você pode corrigir ou atualizar seus dados, por exemplo.

Solicitar cancelamento de inscrição

Use este formulário para solicitar a cancelamento da inscrição do seu e-mail em nossas listas de e-mail.