Quem foi Sara na Bíblia? 4 Lições da história da esposa de Abraão

quem foi sara na bíblia

A história de Sara, esposa de Abraão e mãe de Isaque, nos oferece um vislumbre inspirador de uma mulher cuja vida foi marcada pela fé, perseverança e confiança em Deus. A história de Sara na Bíblia é repleta de desafios, provações e vitórias que nos ensinam importantes lições espirituais.

Ao examinarmos sua jornada, podemos aprender sobre a importância da confiança em Deus, a esperar pacientemente pelas promessas divinas e a construção de um legado de fé.

Sendo assim, a seguir neste estudo bíblico vamos ver quem foi Sara, sua história, alguns versículos em que Sara aparece e as principais lições que podemos aprender com a nossa matriarca.

Quem foi Sara na Bíblia?

Sara na biblia

Sara foi a esposa do patriarca Abraão e a mãe de Isaque. Sara também ficou conhecida na bíblia sagrada como a esposa modelo, sendo reconhecida por sua submissão, obediência e fé.




Em suma, Sara foi uma figura e grande importância na Bíblia, cuja fé e obediência cumpriram um papel significativo na história do povo de Israel. Sua descendência inclui seu filho Isaque, que se tornou o pai de Jacó, que por sua vez se tornou o pai das doze tribos de Israel.

Qual o significado do nome Sara na Bíblia?

O nome Sara, originalmente Sarai, tem um significado especial na Bíblia. O nome Sara é derivado do hebraico e possui diversos significados. Um dos significados mais comuns é “princesa”. Isso sugere um status elevado e uma posição de destaque.

Além disso, o nome Sara também pode ser interpretado como “senhora” ou “dama”. Essas traduções enfatizam a autoridade atribuída a esse nome. Pois, Sara foi uma figura proeminente e influente como esposa de Abraão e matriarca de uma grande nação.

Portanto, o nome Sara na Bíblia tem um significado especial de nobreza, posição elevada e autoridade. Refletindo também o papel significativo desempenhado por Sara como esposa de Abraão e mãe de Isaque, além de destacar sua importância como uma figura central na história do povo de Israel.




História de Sara

história de Sara na bíblia

Quando Sara tinha cerca de 65 anos, Deus chamou Abraão para deixar sua terra natal e partir para uma terra que Ele prometera lhes dar. Eles seguiram obedientemente, levando consigo seu primo ló e seus rebanhos. Durante essa viagem, eles enfrentaram fome e dificuldades, mas permaneceram fiéis à promessa de Deus.

Sara e Abraão chegaram à terra de Canaã, onde Deus apareceu a Abraão novamente e fez uma promessa, em que ele seria o pai de uma descendência mui numerosa. No entanto, havia um problema, pois Sara era estéril e não podia gerar filhos. Anos se passaram, e a promessa de Deus parecia inalcançável.

Sentindo-se impaciente, Sara sugeriu a Abraão que ele tivesse um filho com sua serva, Hagar. Abraão então, aceitando o conselho de Sara, tomou Hagar por mulher a qual deu à luz um filho, chamado Ismael. No entanto, essa não era a maneira que Deus tinha planejado para cumprir Sua promessa.

Quando Sara tinha 90 anos e Abraão 100 anos, Deus apareceu a Abraão novamente e confirmou que a promessa seria realizada através de Sara. Embora aos olhos humano, parecia impossível, Deus estava prestes a realizar um milagre. No ano seguinte, Sara concebeu e deu à luz um filho, ao qual chamou de Isaque, cumprindo-se assim a promessa divina. Sara estava transbordando de alegria ao segurar seu filho nos braços.




No entanto, a alegria de Sara foi abalada quando Ismael, o filho de Agar, começou a zombar de Isaque. Sentindo-se ameaçada, Sara pediu a Abraão que mandasse Agar e Ismael embora. Relutantemente, Abraão acreditou, e eles partiram para o deserto.

Sara viveu até os 127 anos e testemunhou o crescimento de Isaque. Sara foi uma mulher notável, cuja fé e paciência foram testadas ao longo de sua vida. Sendo lembrada como uma matriarca do povo judeu, uma mulher de coragem e uma testemunha da fidelidade de Deus em cumprir Suas promessas.

A história de Sara é uma história de esperança e perseverança. Ela nos ensina que, mesmo quando os obstáculos parecem insuperáveis, devemos confiar em Deus e esperar com fé em Suas promessas.

Por que Deus mudou o nome de Sarai para Sara?

Deus mudou o nome de Sarai para Sara como parte de uma aliança especial que Ele fez com Abraão, seu marido. Essa mudança de nome tinha um propósito simbólico e significativo dentro do contexto da aliança divina.




Antes da mudança de nome, Sarai era estéril e incapaz de ter filhos. No entanto, Deus prometeu a Abraão que ele seria o pai de uma grande nação e que sua descendência seria numerosa. A mudança de nome de Sarai para Sara representava uma transformação espiritual e o cumprimento da promessa divina.

O nome Sarai significa “minha princesa” ou “princesa“. Ao mudar seu nome para Sara, que também pode ser traduzido como “princesa”, Deus estava reforçando a promessa de que ela seria a mãe das nações e que seu papel seria de grande importância. Sara não seria apenas a esposa de Abraão, mas também a matriarca da futura nação que Deus estava estabelecendo através de Abraão.

Sara era o que de Abraão?

Além de ser esposa de Abraão, Sara também era sua meia-irmã por parte de pai. Como nos mostra o versículo seguinte:

“E, na verdade, é ela também minha irmã, filha de meu pai, mas não filha da minha mãe; e veio a ser minha mulher.” (Gênesis 20:12)




Quando Abraão e Sara estavam em Gerar, Abraão pediu a Sara que dissesse que era sua irmã para evitar problemas. Contudo, a principal relação deles, era como marido e mulher.

Versículos da Bíblia que mencionam Sara

versículos sobre Sara esposa de Abraão

Sara, a esposa de Abraão e mãe de Isaque, é uma figura significativa na Bíblia Sagrada. Ela é mencionada em várias passagens que retratam sua vida e seu papel crucial na história da fé e do povo de Deus.

A seguir, veremos alguns versículos bíblicos onde Sara aparece, revelando sua importância e sua jornada de fé.

1. Gênesis 11:29-31

“E tomaram Abrão e Naor mulheres para si: o nome da mulher de Abrão era Sarai, e o nome da mulher de Naor era Milca, filha de Harã, pai de Milca e pai de Iscá. E Sarai foi estéril, não tinha filhos. E tomou Terá a Abrão seu filho, e a Ló, filho de Harã, filho de seu filho, e a Sarai sua nora, mulher de seu filho Abrão, e saiu com eles de Ur dos caldeus, para ir à terra de Canaã; e vieram até Harã, e habitaram ali.”




2. Gênesis 16:1-6

“ORA Sarai, mulher de Abrão, não lhe dava filhos, e ele tinha uma serva egípcia, cujo nome era Agar. E disse Sarai a Abrão: Eis que o SENHOR me tem impedido de dar à luz; toma, pois, a minha serva; porventura terei filhos dela. E ouviu Abrão a voz de Sarai. Assim tomou Sarai, mulher de Abrão, a Agar egípcia, sua serva, e deu-a por mulher a Abrão seu marido […]. Então disse Sarai a Abrão: Meu agravo seja sobre ti; minha serva pus eu em teu regaço; vendo ela agora que concebeu, sou menosprezada aos seus olhos; o SENHOR julgue entre mim e ti. E disse Abrão a Sarai: Eis que tua serva está na tua mão; faze-lhe o que bom é aos teus olhos. E afligiu-a Sarai, e ela fugiu de sua face.”

3. Gênesis 24: 67

“E Isaque trouxe-a para a tenda de sua mãe Sara, e tomou a Rebeca, e foi-lhe por mulher, e amou-a. Assim Isaque foi consolado depois da morte de sua mãe.”

4. Isaías 51:2

“Olhai para Abraão, vosso pai, e para Sara, que vos deu à luz; porque, sendo ele só, o chamei, e o abençoei e o multipliquei.”

5. Romanos 4:19

“E não enfraquecendo na fé, não atentou para o seu próprio corpo já amortecido, pois era já de quase cem anos, nem tampouco para o amortecimento do ventre de Sara.”

6. Romanos 9:9

“Porque a palavra da promessa é esta: Por este tempo virei, e Sara terá um filho.”

7. Hebreus 11:11

“Pela fé também a mesma Sara recebeu a virtude de conceber, e deu à luz já fora da idade; porquanto teve por fiel aquele que lho tinha prometido.”

8. 1 Pedro 3:6

“Como Sara obedecia a Abraão, chamando-lhe senhor; da qual vós sois filhas, fazendo o bem, e não temendo nenhum espanto.”

4 Lições que podemos aprender com Sara

lições que aprendemos com Sara na bíblia

1. É preciso ter fé para alcançarmos a promessa

Uma das principais lições que aprendemos com Sara é a importância da fé para alcançarmos as promessas de Deus. Saraenfrentou muitos desafios e provações ao longo de sua vida, especialmente em relação à sua esterilidade e à demora na realização da promessa de ter um filho. No entanto, ela continuou a confiar em Deus e a acreditar que Ele cumpre Suas promessas, mesmo diante das circunstâncias aparentemente impossíveis.

Sara é mencionada no Novo Testamento, no livro de Hebreus 11:11, como uma mulher de fé: “Pela fé, também a mesma Sara recebeu a virtude de conceber, e deu à luz já fora da idade; porquanto teve por fiel aquele que lho tinha prometido.”

Essa passagem ressalta a importância da fé na vida de Sara e como essa fé permitiu que ela recebesse a virtude de gerar um filho em sua velhice.

A lição que podemos aprender aqui é que, mesmo quando as circunstâncias parecem impossíveis, devemos confiar em Deus e em Suas promessas. A fé nos capacita a acreditar no poder de Deus para realizar o que Ele prometeu, mesmo quando não vemos evidências imediatas disso.

2. Deus não precisa da nossa ajuda, descanse o coração e aguarde o agir de Deus

Uma lição importante que podemos aprender com a vida de Sara é que Deus não precisa da nossa ajuda para cumprir Suas promessas. Sara tentou ajudar a realizar a promessa de Deus ao sugerir que Abraão tivesse um filho com sua serva, Hagar. No entanto, essa não era a maneira que Deus havia planejado.

Ao observarmos a história de Sara, sentimos que, muitas vezes, podemos tentar resolver as situações de nossas vidas por nossos próprios meios, em vez de confiar plenamente em Deus. Podemos nos apressar em encontrar soluções e tomar decisões precipitadas, acreditando que estamos auxiliando no cumprimento das promessas divinas. No entanto, a história de Sara nos ensina que devemos descansar o coração e aguardar o agir de Deus.

Deus é soberano e tem o controle absoluto sobre todas as circunstâncias. Ele não precisa de nossa intervenção para cumprir Seus planos e promessas. Em vez disso, Ele nos convida a confiar Nele, a descansar em Sua sabedoria e esperar pacientemente pelo Seu tempo perfeito.

Portanto, confie em Deus, descanse o coração e espere o agir d’Ele. Quando entregamos nossas preocupações e ansiedades a Ele, abrimos espaço para que Ele manifeste Seu poder e cumpra Suas promessas em nossas vidas.

3. Construa um legado de fé

Ao longo da história de Sara, vemos sua jornada de fé se fortalecer. Ela sentiu a dor da esterilidade e a espera prolongada para ter um filho, mas continuou a acreditar que Deus cumpriria Suas promessas. Mesmo quando Sara teve momentos de dúvida e tentou buscar soluções por seus próprios meios, ela aprendeu a confiar sinceramente em Deus e esperar pelo Seu agir.

Sara nos ensina que a fé é um legado valioso que podemos transmitir às gerações futuras. Seu exemplo de perseverança, confiança e obediência a Deus inspira-nos a confiar nas promessas divinas e buscar uma vida de fé genuína.

Assim como Sara construiu um legado de fé ao confiar em Deus e ver Suas promessas se cumprirem, somos desafiados a fazer o mesmo.

Portanto, a lição valiosa que aprendemos com a vida de Sara é a importância de construir um legado de fé. Pois, com isso iremos transmitir uma fé fiel às gerações futuras, podendo deixar um legado duradouro e significativo, inspirando outros a seguir o caminho da fé em Deus.

4. Precisamos ser transformados por Deus, para vivermos o propósito do Senhor

Bem sabemos que Sara passou por uma jornada de transformação espiritual ao longo de sua vida. Ela começou como Sarai, uma mulher estéril e impaciente, que tentou encontrar soluções por seus próprios meios. No entanto, quando Deus mudou seu nome para Sara e renovou a promessa de que ela teria um filho, algo dentro dela mudou. Aprendendo assim a confiar em Deus de forma mais profunda e acreditar que Ele cumpriria Suas promessas, mesmo que parecessem impossíveis aos olhos humanos.

Essa transformação espiritual foi essencial para que Sara pudesse viver plenamente o propósito que Deus tinha para ela. Ela se tornou uma matriarca e uma figura materna para o povo de Israel. Tendo sua vida marcada por fé, paciência e obediência a Deus, e seu filho, Isaque, tornou-se uma peça fundamental na linhagem da redenção e da promessa de Deus para a humanidade.

Da mesma forma, em nossa jornada espiritual, também precisamos passar por uma transformação interior por meio do poder de Deus. Precisamos permitir que Ele nos molde, transforme nossas mentes e corações, e nos capacite a viver de acordo com Seus propósitos. Isso envolve abandonar nossa autonomia e nos render ao plano e à vontade de Deus em nossas vidas.

Ao sermos transformados por Deus, somos capacitados a viver plenamente o propósito que Ele tem para nós. Podemos descobrir e desenvolver nossos dons, talentos e paixões, usando-os para honrar a Deus e servir aos outros. Podemos confiar em Sua sabedoria e direção, mesmo quando as circunstâncias parecerem incertas, sabendo que Ele tem um plano maior em ação.

Conclusão

história biblica de sara

Para concluirmos, espero que a história de Sara lhe encoraje a perseverar em meio às dificuldades, a confiar que Deus está trabalhando nos bastidores e nunca duvidar de Suas promessas.

Que sejamos como Sara, mulheres e homens de fé, cujas vidas deixam um legado duradouro para as gerações futuras. Que nossa confiança em Deus seja inabalável e nosso testemunho brilhe para a glória de Seu nome.

Enfim, que a história de Sara ecoe em nossos corações, nos inspirando a confiar em Deus em todos os momentos e buscar uma vida de fé, esperança e amor.

Se você gostou dessa história bíblica, leia outras aqui:

Quem foi Jael na Bíblia? 3 Lições da Heroína que matou o comandante Sísera

Quem foi Débora na Bíblia? 5 Lições da história da Profetisa e Juíza de Israel

Quem foi Elias na Bíblia? 5 lições e história do “Profeta do Fogo”

Ester na Bíblia: 6 lições que podemos aprender com a história da Rainha Judia

Quem foi a viúva de Sarepta: História e lições de fé

Sobre o Autor

Professor André
Professor André

Formado em Teologia, Tecnólogo em Gestão da Qualidade, Professor de cursos de Homilética, Exegese e Hermenêutica, André ministra na EBD e escreve para a Biblioteca do Pregador. "Fico feliz em compartilhar meus conhecimentos aqui no Conselho de Pastor".