Lições da fornalha de fogo ardente

Esboço de sermão expositivo em Daniel 3:19-30 com o tema: Lições da fornalha de fogo ardente.

Tema: Lições da fornalha de fogo ardente

Introdução:

Este capítulo é daquelas partes da Bíblia que ouvimos desde a infância, seja na Escola Dominical ou nas Férias Bíblicas. É uma passagem que achamos conhecer completamente, de todos os ângulos. Às vezes, negligenciamos sua profundidade enquanto buscamos verdades mais complexas na Bíblia.

Vamos examinar esses preciosos versículos hoje porque encontramos ajuda aqui. Há auxílio para aqueles que enfrentam provações nestes dias. Todos nós precisamos dessa ajuda, pois vivemos num mundo crescentemente hostil a Deus, Jesus Cristo, a Bíblia, o Cristianismo e aos crentes nascidos de novo.




Vamos voltar no tempo para a antiga Babilônia, um reino também hostil a Deus e Seus caminhos. Vamos observar três jovens recusando-se a se curvar diante do ídolo.

Hoje, nesta pregação vamos aprender algumas lições valiosas da fornalha ardente. Há três lições simples nesta passagem que exploraremos nesta noite.

I. O POVO DE DEUS É UM POVO PERSEGUIDO (v. 19-23)

Nabucodonosor reage com raiva à posição tomada pelos três jovens hebreus e decide destruí-los na fornalha ardente. Ele ordena que sejam amarrados e lançados em uma fornalha aquecida sete vezes mais do que o normal. O fogo é tão intenso que mata os homens que os lançam nele.

A. Perseguidos por causa de seus padrões (v. 8-12)

  • Nabucodonosor ergue uma imagem de ouro, provavelmente de si mesmo.
  • Sadraque, Mesaque e Abednego recusam-se a curvar-se diante da imagem.
  • Sua fé em Deus os impede de se nivelar com os pagãos ao seu redor.
  • Nota: O crente nascido de novo deve ter um padrão de vida diferente do mundo.

B. Perseguidos por causa de seu Salvador (v. 13-15)

  • Nabucodonosor zomba do Deus dos jovens e exige submissão à sua vontade.
  • Os crentes devem andar em total submissão à vontade do Senhor Jesus Cristo.
  • Devemos estar totalmente entregues a Ele, dando-Lhe o primeiro lugar em nossas vidas.

C. Perseguidos por causa de sua posição (v. 16-18)

  • Mesmo diante de uma morte horrível, eles se recusam a curvar-se.
  • Tomam posição firme, independentemente do custo pessoal.
  • O verdadeiro crente deve endireitar os ombros e tomar posição ao lado de Jesus.

Se quisermos viver para Jesus neste mundo, recusando-se a ser moldados por ele, enfrentaremos perseguição. A Bíblia ensina que, se vivermos piedosamente, enfrentaremos fornalhas de crítica, ódio, tentação e provações.




As fornalhas da vida, especialmente as da perseguição, podem não ser agradáveis, mas são benéficas para nós. Assim como o ouro e a prata são purificados na fornalha, a perseguição pode remover a escória de nossas vidas.

No entanto, saiba que, após passar por uma pequena fornalha e ver os resultados positivos, Deus pode permitir que você enfrente desafios ainda maiores. As dificuldades podem aumentar, mas é importante entender que essas situações difíceis têm o propósito de nos tornar mais semelhantes a Jesus.

Ao olhar para a vida de Jeremias, vemos que, quando ele veio a Deus com suas preocupações, Deus basicamente lhe disse que as coisas estavam prestes a piorar. Isso não parece ser um grande incentivo, mas a verdade é que este mundo não pode compreender o estilo de vida cristão. Somos um mistério para as pessoas perdidas, e nossas vidas, vividas em santidade, as incomodam.

A reação natural daqueles que não compreendem é perseguir os crentes na tentativa de fazê-los agir como eles. Se você escolhe viver para Jesus, a perseguição será uma parte inevitável. Para aqueles que estão enfrentando perseguição, há esperança e ajuda nestes versículos.




II. O POVO DE DEUS É UM POVO PRESERVADO (v. 24-27)

Os três hebreus são lançados na fornalha, mas, surpreendentemente, são libertados de suas amarras e andam ilesos nas chamas. Deus cumpre Sua promessa ao Seu povo, encontrando-os na fornalha ardente.

A. Eles foram preservados por um Deus sempre presente (v.25)

Ao serem lançados nas chamas, esses três homens descobriram que não estavam sozinhos. O Deus em quem professavam fé anteriormente encontrou-os na fornalha, deixando Nabucodonosor e seus acompanhantes perplexos.

O milagre era evidente: três homens foram jogados, mas agora quatro caminhavam soltos nas chamas! Esta é uma lição poderosa: mesmo em uma fornalha em Babilônia, Deus cumpriu Sua promessa ao Seu povo (Isaías 43:2). Nossa promessa é a mesma: Ele está conosco nas chamas da vida, seja qual for a intensidade.

1. Eles estavam livres no fogo

O fogo não os consumiu; em vez disso, queimou as cordas que os mantinham amarrados. O Senhor usou o fogo para libertá-los das amarras, uma lição valiosa para nós.




Quando o fogo da aflição entra em nossas vidas, é uma oportunidade para nos libertarmos de coisas que nos prendem, como pecados, atitudes e hábitos prejudiciais.

A perseguição muitas vezes parece ser prejudicial, mas pode ser uma bênção disfarçada. A história de John Wesley é um exemplo. Ao ser proibido de pregar nas igrejas, ele levou sua mensagem ao ar livre, alcançando as massas populares que não frequentavam as igrejas. Às vezes, o fogo nos solta das amarras que não percebemos, como aconteceu com Wesley.

2. Eles estavam bem no fogo

“Não se machucaram”; o fogo não os feriu nem os queimou. Passar pelo fogo não foi para destruição, mas para crescimento. Mesmo nas chamas, Deus estava presente para preservá-los. Deus permitiu a fornalha não para causar mal, mas para trazer bem.

Essa é uma verdade poderosa para aqueles enfrentando suas fornalhas pessoais. As chamas apenas os libertarão do que os prende, e eles ficarão bem no fogo, pois Deus os preservará e guardará para Sua glória!




A perseguição pode parecer a pior coisa, mas pode ser a melhor. Assim como John Wesley foi proibido de pregar nas igrejas, isso o levou a pregar ao ar livre, onde as massas estavam. Às vezes, Deus usa o fogo da perseguição para libertar e preservar Seu povo.

Quando jogaram Sadraque, Mesaque e Abednego na fornalha, inicialmente três entraram, mas quando Nabucodonosor olhou dentro, viu quatro homens andando. Quando chamou-os para sair, apenas três saíram. O que aconteceu com o quarto homem? Ele permaneceu na fornalha!

Assim, quando você passar pela fornalha da aflição, encontrará o quarto Homem, Jesus Cristo, esperando por você. Ele dirá às suas chamas: “Calmem-se!” Assim como Deus preservou os três hebreus na fornalha, Ele também pode te preservar.

B. Preservados por um Deus Todo-Poderoso (v.27)

Ao saírem da fornalha, Nabucodonosor e seus homens examinaram esses jovens. Para espanto de todos, nem um fio de cabelo estava chamuscado, não havia fuligem e nem mesmo o cheiro de fumaça impregnava suas roupas! Imagine a cena, tentando farejar algo nesses homens. Isso foi um milagre notável!




Em situações cotidianas, mesmo ao entrar em uma loja onde as pessoas fumam, o cheiro de cigarro fica impregnado nas roupas. Contudo, o poder de Deus operou nessa situação, vencendo completamente a fornalha.

Isso é tipicamente Deus! Quando Ele age, faz isso de maneira completa. Sua cura é total, Sua salvação é completa, Seu perdão é completo. Em cada obra Sua, Ele a realiza totalmente. Como? Ele é Todo-Poderoso e capaz de usar esse poder em sua vida e na minha, como vemos em Efésios 3:20!

Portanto, quando você estiver diante de uma fornalha ardente, lembre-se de que serve a um Deus Todo-Poderoso, capaz de sustentá-lo em tempos de aflição e conduzi-lo para Sua glória!

III. O POVO DE DEUS É UM POVO PROMOVIDO (v. 28-30)

Todos naquele dia saíram com uma compreensão maior de quem era Deus e do que Ele poderia fazer. Ao entrarem, os três jovens hebreus não sabiam o que Deus faria por eles, conforme o versículo 17. No entanto, eles confiaram Nele de qualquer maneira.

Nabucodonosor pensava que era mais poderoso que o Deus a quem eles serviam, conforme o versículo 15. No final, todos aprenderam que Deus era maior que o rei e maior que a fornalha de fogo.

Observe o que aconteceu quando Sadraque, Mesaque e Abednego foram entregues da fornalha.

A. A Pessoa de Deus é Louvada (v. 29)

Um antigo rei pagão exalta o nome do Deus verdadeiro. Devido ao que Deus fez por Seu povo na fornalha, Nabucodonosor passa a enxergar as coisas de forma diferente.

Deus usou esse momento horrível na vida desses três crentes hebreus para tocar o coração duro de um rei pagão perdido.

Você nunca sabe o que Deus fará com as aflições em sua vida. À medida que passamos pelas fornalhas da vida, contando com a graça de Deus para sustentá-lo, pode ser que Deus esteja usando esses momentos em sua vida e na minha, aqueles momentos que doem tanto, para mostrar ao mundo perdido que Ele é Deus e pode ajudá-los.

É por isso que precisamos nos submeter às fornalhas da vida, confiando que a graça de Deus será suficiente – 2 Coríntios 12:9.

B. O povo de Deus é promovido (v. 30)

Por terem sido fiéis ao Senhor, passaram pela fornalha e, como resultado, foram promovidos no reino.

Há uma lição nisso para nós. É uma lição verdadeira, mas talvez não gostemos de pensar nela. Deus nunca usa alguém de maneira excelente até que Ele primeiro leve essa pessoa através da fornalha da aflição.

Você não pode ficar de pé no Monte Carmelo no poder até que chegue ao lado de um riacho seco com humildade. Você não pode liderar a nação de Israel até que primeiro observe as ovelhas de outra pessoa no deserto.

Quando Deus manda você passar pela fornalha, não é para te machucar, mas para fazer você crescer. Ele envia você para lá porque está prestes a usar sua vida de uma maneira maior.

Conclusão:

Se você está enfrentando uma fornalha hoje, quero encorajá-lo a se apegar ao Senhor. Ele está com você em tudo que você enfrenta e tem um plano para guiá-lo através de cada situação, usando-a para Sua glória. Talvez seja o momento de conversar com Ele sobre sua fornalha. Se sentir necessidade, este altar está aberto!

Se gostou deste esboço de pregação em Daniel 3, então confira mais temas:

Sobre o Autor

André Lourenço
André Lourenço

Formado em Teologia, Tecnólogo em Gestão da Qualidade, Professor de cursos de Homilética, Exegese e Hermenêutica, André ministra na EBD e escreve para a Biblioteca do Pregador. "Fico feliz em compartilhar meus conhecimentos aqui no Conselho de Pastor".

Solicitar exportação de dados

Use este formulário para solicitar uma cópia de seus dados neste site.

Solicitar a remoção de dados

Use este formulário para solicitar a remoção de seus dados neste site.

Solicitar retificação de dados

Use este formulário para solicitar a retificação de seus dados neste site. Aqui você pode corrigir ou atualizar seus dados, por exemplo.

Solicitar cancelamento de inscrição

Use este formulário para solicitar a cancelamento da inscrição do seu e-mail em nossas listas de e-mail.